Quinta-feira, 13 de Abril de 2006

Devoção, Fé e desembaraço.

 

ANA’KRÓNIKA.III

(ANA’KRÓNIKAS são relatos impossíveis de colocar rigorosamente no tempo, retirados da memória onde jazem sob grossas camadas de fantasia, não sendo, portanto, nem verdadeiros nem falsos...)

 

            A Tia J’aquina , uma criatura de fé à prova de bala e devoção insaciável, aproveitava todas as oportunidades para aplicar tais predicados.

            Por maioria de razão, fazia da caminhada dos 600 metros que distava sua casa à ermida do Padre Manuel Maria do Couto onde ia ouvir a missa dominical, uma peregrinação pessoal que cumpria orando fervorosamente terços a meia voz.

            Graças à passada curta e lenta que as pernas lhe permitiam e à técnica verdadeiramente profissional que utilizava nessa tarefa, conseguia oferecer “por alma dos que já lá estão”, um rosário completo.

            Dizem que, conta a conta, orava assim:

 

      Avé Maria Cheia de graça,

      O Senhor é convosco,

      ...  ...  ...  ...  ...  ...

      ...  ...  ...  ...  ...  ...

      Agora e na hora da nossa morte e Amena,

 

      Esta é com’à outra,

      Esta é com’à outra,

      Esta é com’à outra,

...  ...  ...  ...  ...  ...

            Padre nosso que estais nos céus...”

 

            O que contava eram a intenção e a intensidade. De resto, uma vez chegada à ermida, algo cansada mas feliz e rosada, logo participava, ainda mais intensamente, num outro terço conduzido pelo próprio Padre Couto com as mais variadas intenções aplicadas a cada mistério.

            No seu hábito de Nossa Senhora do Carmo, na primeira fila, ao centro, a Tia J’aquina quase irradiava luz!

 

P.S. Todos os dias à boquinha da noite, já deitadas, as crianças lá de casa ouviam, vindas dos corredores, preces sussurradas pela Tia J’aquina que as deixavam meio fascinadas meio aterradas:

       “Na hora da minha morte três coisas (vos) quero pedir: a confissão a sufissão ” (absolvissão ) e a cera da Bela Luz. Salvai (-me) “bum Jasus ”.

RUBRIkAS:

Publicado por anarka às 19:06
LINK DO POST | Comentar | Adicionar aos Favoritos
2 comentários:
De Azoriana a 13 de Abril de 2006 às 23:28
(risos) a história contada por si, aqui, ficou ainda melhor. Uma boa Páscoa para si e todos os seus entes queridos. Está na altura das tais rezas... :)


De duni a 24 de Abril de 2006 às 09:01
realise o sonho
http://treceiromundo.paginas.sapo.pt/sonhos.htm


Comentar Post

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


procurar neste blog

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

KOISAS RECENTES

"RAP" DISSÍLABO.

UM QUARTO PARA DESCANSAR,...

ESTAR NO 1º ANDAR

UM HALL, UM WC, UMA ESCAD...

A SALA

A COZINHA

A NOVA CASA

AS FORÇAS DA PRIMAVERA.

AS NUVENS, A RIBEIRA E O ...

QUARESMA.

...NO DIA DE S. JOÃO...

A CRISE

PINTADAS DE FRESCA

O FOGÃO

ANGRA ANTIGA E NAIF

LATAS, GARRAFAS E FRASCOS...

DESENHO

COMEMORANDO...

TEATRO

PEQUENÍSSIMA

O SILÊNCIO E O ESCURO

A DIFERENÇA

MONSTROS E MAMARRACHOS

O PÃO E O PETRÓLEO

A CASA PRETA

PAGO PARA VER

MUSAS

DIA MUNDIAL ? DA CIANÇA

SEGUNDA FEIRA

RESTOS

KOISAS VELHAS

Novembro 2010

Outubro 2010

Abril 2010

Março 2010

Junho 2009

Outubro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Junho 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Abril 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

RUBRIkAS

ana'krónika(8)

kritik'ando(11)

mitografias(4)

pir'opos(2)

pro''postas(7)

todas as tags

subscrever feeds

SAPO Blogs

Logotipo

An'arka
2006 - Código

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o logotipo no teu blog)

Logotipo de outros blogs

Rapariga das Laranjas
Rapariga das Laranjas



Azoriana Blog

Contador

Música