Quinta-feira, 8 de Abril de 2004

A PEQUENEZ.

 

“Small is beautiful” -  não sei se é um slogan publicitário da área do turismo se um provérbio anglo-saxónico, mas à partida pode ser verdade. Por numerosas razões que são tão fáceis de sentir que dispensam explicação.


Ser pequeno pode ser uma fatalidade: Portugal é pequeno e não consta que venha a crescer. Ser pequeno tem, como tudo na vida, vantagens e desvantagens.


Os Açores são muito pequenos.


São um arquipélago de pequenas ilhas que constituem uma pequena região autónoma. Mas na verdade o problema não é ser-se pequeno mas sim sofrer de pequenez: nos Açores há uma assembleiazinha com os seus deputadinhos, um governozinho com um presidentezinho e os seus secretariozinhos, um hinozinho e uma bandeirinha. Podia ser uma questão de proporção…mas talvez não devesse porque as pessoas são do mesmo tamanho que nos outros lados...


A televisãozinha tem programinhas que são miniaturas dos programas da televisão-mãe;


 Um escândalo de pedofilia num colégio da Casa Pia está para um escândalozinho do mesmo assunto na garagem do Farfalha assim como uma coligação PPD/PSD-CDS/PP na República está para uma coligaçãozinha PPD/PSDzinho-CDS/PPzinho está para a região;


 Se depois do Cavaco Silva o PPD perdeu o poder para o PS no país, o PS ganhou as eleições depois do Mota Amaral na região…


 


Quando não há imaginação, copia-se.


Publicado por anarka às 15:17
LINK DO POST | Comentar | Adicionar aos Favoritos
1 comentário:
De Anónimo a 8 de Abril de 2004 às 16:07
sei do que falas...já morei em S.Miguelito...mas que é lindo é! E tenho muita vontade de um dia destes ir lá só para rever essa beleza!Parêntesis
</a>
(mailto:parentesis@sapo.pt)


Comentar Post