Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2006

Carta de despedida ao Pai Natal.

pai natal 008.jpg 


ÓI, 


AINDA ESTOU ATORDOADO COM O NATAL QUE ACABOU HÁ DIAS.


COMO NÃO TE TINHA PEDIDO NADA E MESMO ASSIM RECEBI UNS PRESENTINHOS, NADA TENHO A DIZER SOBRE ISSO. SÓ AGRADECER. 


PIOR FORAM OS PRESENTES QUE TROUXESTE A ALGUMAS PESSOAS QUE EU CONHEÇO. 


EM PRIMEIRO LUGAR TENS A MANIA DE TRAZER COISAS QUE NÃO TE PEDEM E NÃO SE PERCEBE ISSO LÁ MUITO BEM UMA VEZ QUE SÓ OS PEDIDOS DEVEM DAR-TE “ÁGUA PELAS BARBAS”. HÁ QUEM DIGA, (GENTE DO BLOCO DE ESQUERDA, DO PC E ANARQUISTAS INDEPENDENTES), QUE TAL TEM A VER COM O CONSUMISMO SELVAGEM: TRAZES COISAS À BALDA SÓ PARA ALIMENTAR A MÁQUINA DO CONSUMO MONTADA PARA A OCASIÃO. PARA ALÉM DO DESPERDÍCIO ESSA ATITUDE DÁ ORIGEM A SITUAÇÕES CARICATAS COMO O CASO DAQUELA METRELHADORA AZUL BÉBÉ QUE DEIXASTE À D. LILI QUE NÃO COMBINA COM UMA ÚNICA PEÇA DE ROUPA DA SENHORA. EM CONTRAPARTIDA, NÃO LHE TROUXESTE OS SAPATOS ORTOPÉDICOS QUE ELA TE PEDIU. É OUTRA MANIA QUE TENS: NÃO TRAZERES AQUILO QUE TE PEDEM! NÃO SEI SE SABERÁS MAS A D. LILI ENTROU EM DEPRESSÃO DA QUAL NÃO SEI SE VOLTARÁ A SAIR. CULPA TUA! QUE FALTA DE CUIDADO É ESSA?



A QUE RESPEITO DEIXASTE NA CHAMINÉ DO TIO ALFREDO UMA BICICLETA BTT QUE FICOU NEM DENTRO NEM FORA E QUE VAI OBRIGAR O POBRE HOMEM A CHAMAR O “CHAZONA”, O CAIADOR, PARA TIRAR AQUELA PORCARIA DALI PARA FORA? 


TU HÁS-DE VER SE TE ORGANIZAS MELHOR. E QUANDO NÃO TIVERES A CERTEZA SOBRE O QUE TRAZER, NÃO TRAGAS NADA! JÁ SEI QUE PARA O ANO NÃO TENHO UM PRESENTE QUE SEJA MAS PREFIRO ISSO A QUE ME TRAGAS PEÚGAS RISCADAS E CUECAS DE NYLON.


ADEUS, DEIXEI DE ACREDITAR EM TI.


 


Publicado por anarka às 17:26
LINK DO POST | Adicionar aos Favoritos
De Anónimo a 10 de Janeiro de 2006 às 17:36
Será que ainda vale mesmo a pena escrever,todos os anos a esse "gajo"?patty
</a>
(mailto:pmoniz@iol.pt)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.